Sindimoc - Sindicato dos Motoristas e Cobradores de Ônibus de Curitiba e Região Metropolitana » Notícias do Sindimoc


Prefeitura de Curitiba anuncia mais uma empresa para passageiro comprar créditos de transporte por celular

Curitiba, 26 de julho de 2019

RecargaPay e Qiwi já operam e Mercado Pago entra nos próximos dias. Prazo para mais empresas de tecnologia oferecerem serviços vai até 2021.

ADAMO BAZANI

A prefeitura de Curitiba informou na tarde desta sexta-feira, 19 de julho de 2019, que mais uma empresa de tecnologia vai disponibilizar a compra de passagens do sistema de ônibus da cidade por meio do celular.

Segundo nota da administração Rafael Greca, “nos próximos dias deve ter início a venda pela Mercado Pago, terceira empresa já credenciada pela Urbs – Urbanização de Curitiba S/A  para comercializar os créditos de transporte.”

Já oferecem este tipo de serviço as empresas RecargaPay e Qiwi, que disponibilizam as ferramentas para celulares de sistemas Android e IOS.

O Curitiba APP, aplicativo da prefeitura, também oferece a possibilidade de compra dos créditos, além de cerca de 600 serviços públicos do município.

O prazo para credenciamento de novas empresas de tecnologia vai até 2021.

De acordo com nota da prefeitura de Curitiba, o edital de credenciamento das empresas prevê a cobrança de taxa de conveniência de acordo com o valor a ser carregado:

  • a partir de R$ 0,01 até R$ 100, o usuário pagará R$ 3 para a empresa;
  • a partir de R$ 100,01 até R$ 300, o usuário pagará R$ 4 para a empresa;
  • a partir de R$ 300,01 até R$ 500, o usuário pagará R$ 6 para a empresa;
  • a partir de R$ 500,01 até R$ 800, o usuário pagará R$ 8 para a empresa;
  • a partir de R$ 800,01 até o limite máximo de carga, o usuário pagará R$ 10 para a empresa.

Segundo o comunicado da prefeitura, “dentro da nova modalidade de compra por aplicativo, a RecargaPay informou não irá cobrar taxas adicionais dos usuários.”

Para comprar os créditos por celular, o passageiro deve baixar o aplicativo das empresas que preferir, seguir os passos recomendados por cada uma delas e ter um cartão ativo, que é adquirido na Urbs.

OUTRAS FORMAS DE RECARGA:

A prefeitura ainda informou que as formas de recarga mais tradicionais continuam no sistema normalmente.

– Na sede da Urbs, que fica na Rodoferroviária de Curitiba não há cobrança de taxa de conveniência.

– Na compra por boleto e pelo site, a taxa é de R$ 2,38.

– Para recarregar o cartão transporte em bancas de jornal e lojas autorizadas pela Urbs, os usuários pagam mais R$ 1 de taxa de conveniência.

Vejas os pontos físicos:

Na Tesouraria da URBS:
• Av. Pres. Affonso Camargo, 330 – Rodoferroviária – Prédio Central

*Neste local não há taxa para a carga de créditos.

Em ruas e praças:

  • Na Travessa Moreira Garcez, em frente à galeria Tobias de Macedo
  • Banca– na esquina das ruas Barão do Cerro Azul e 13 de Maio (temporariamente em manutenção)
  • Nas Arcadas do Pelourinho– em frente a Loja Riachuelo
  • Banca Bom Jesus– na Praça Rui Barbosa, na lateral da Rua André de Barros perto da Rua 24 de Maio
  • Banca Bom Jesus II– na Praça Rui Barbosa, na lateral da Rua Pedro Ivo perto da Rua Voluntários da Pátria
  • Banca Revistaria Cultura– na Praça Rui Barbosa, na lateral da Rua Pedro Ivo perto da Rua Des. Westphalen
  • Banca da Cátia– na Praça Rui Barbosa, em frente ao Colégio São José
  • Banca Nelson Favero Jornais– na Av. Marechal Deodoro esquina com Rua Barão do Rio Branco
  • Banca Boca Maldita– na Av. Luiz Xavier esquina com a Rua Ermelino de Leão
  • Banca da Catedral– na Praça Tiradentes, na Galeria Pinheiro Lima
  • Banca em frente à loja Pernambucanas– na Praça Tiradentes, ao lado do Marco Zero
  • Banca Carlos Gomes– na Praça Carlos Gomes, na lateral da Monsenhor Celso com José Loureiro
  • Banca de café– Café Zacarias – na Praça Zacarias
  • Banca Passeio– na Praça 19 de Dezembro (temporariamente em manutenção)
  • No Centro Cívico– perto da Prefeitura e em frente ao Banco Itaú
  • Banca Staub– Marechal Deodoro/João Negrão – em frente ao Shopping Itália

*Nestes locais, a carga de créditos terá o custo de R$ 1,00 (um real).

Em terminais de transporte:

  • Banca de Doces – Terminal Boa Vista
  • Tívoli Comércio de Jornais– Terminal Campina do Siqueira
  • Revistaria Portão– Terminal Portão
  • Tailândia Doces e Salgados– Terminal Centenário
  • Lanchonete do Terminal Fazendinha– Terminal Fazendinha
  • Banca– Terminal Santa Felicidade
  • Banca Vital e Araújo– Terminal Hauer

*Nestes locais, a carga de créditos terá o custo de R$ 1,00.