Notícias do Sindimoc

Imagem

Em Fazenda Rio Grande, é aprovada Lei que proíbe dupla função no transporte coletivo

Curitiba, 25 de setembro de 2019 | 15h22

Imprimir   Enviar por e-mail

Sindimoc realizou trabalho parlamentar para garantir o emprego dos cobradores; a causa foi abraçada por todos os vereadores da Casa

Durante todo o último ano, o Sindicato dos Motoristas e Cobradores de Ônibus de Curitiba e Região Metropolitana (Sindimoc) realizou trabalho parlamentar na Câmara Municipal de Fazenda Rio Grande para garantir a permanência dos cobradores na cidade. O presidente da Casa, Julinho do Pesque, promulgou a Lei de nº 1.307/2019, que foi publicada no Diário Oficial desta sexta-feira (20).

O projeto foi de autoria de todos os vereadores e foi aprovado por unanimidade na Câmara Municipal de Fazenda Rio Grande. A Lei proíbe a dupla função no transporte coletivo, garantindo o posto de trabalho dos cobradores por meio de uma segurança jurídica. O descumprimento da Lei poderá ocasionar multa de R$ 10 mil por dia por posto sem cobrador. Desde o princípio, o sindicato trabalhou no diálogo com os vereadores da Casa para garantir essa conquista.

Confira o caminho percorrido até aqui:

+ Sindimoc defende a função dos cobradores na Fazenda Rio Grande
+ Sindimoc dialoga com vereadores da Fazenda Rio Grande, em defesa dos cobradores do município
+ Audiência Pública em Fazenda Rio Grande debate proibição da dupla função, mais uma luta do Sindimoc
+ Sindimoc participa de audiência pública contra dupla função em Fazenda Rio Grande
+ Aprovado, em Fazenda Rio Grande, projeto de lei que proíbe dupla função

Compartilhe esta notícia
   
 

Comente esta notícia

Nome

E-mail

Empresa

Digite o código ao lado

código captcha

Comentário (máximo 600 caracteres) | Restam: